O TEMPO PARA A SAÚDE

O TEMPO PARA A SAÚDE

Estamos todos muito ocupados, irremediavelmente sem tempo para nada que não seja o trabalho e… produzimos pouco! Não temos tempo disponível, nem para praticar exercício físico que faz tão bem à Saúde!

Mesmo que, divulgados os benefícios, aceites os resultados, conhecidos os seus métodos de utilização, não deixa de surpreender que continue a ser tão pouco utilizada a prática de exercício físico na medicina atual. É surpreendente a facilidade e a concordância com que os nossos doentes ouvem falar dos benefícios do exercício físico. O consenso é a regra mas, essa não mostra sinais de difundir.

Acreditamos plenamente que vale a pena promover a saúde através de hábitos saudáveis e o exercício constitui talvez a melhor “medicação” que se pode prescrever a alguns pacientes. É indiscutível, que a prática das atividades físicas em grande número de pessoas, se apresenta como uma mais-valia na PROMOÇÃO DA SAÚDE E NA MANUTENÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA.

A intervenção dos profissionais de saúde nesta área deve ser séria, realista e emprenhada, assente na evidência científica e nos objetivos, desejos e gostos de cada PESSOA. Das mais simples atividades físicas recreativas ao desporto de competição há uma multiplicidade de práticas de exercício físico que se adequam a cada um dos nossos doentes, e que eles, provavelmente só desenvolverão com a nossa orientação e o nosso estímulo.

Assumamos, pois, o nosso papel de catalisadores de comportamentos indutores de saúde, não esquecer o exercício e tentar promover a sua prática todos os dias em todos os doentes.

FICA A DICA:  O SUCESSO NA SAÚDE das pessoas reside na PREVENÇÃO e PROMOÇÃO DA SAÚDE, onde o exercício físico regular adquire uma importância colossal.

 

Na opinião da Dra. Mariana Sousa e Dra. Rosa Costa.